ortopedia veterinaria pet care

Clinica Veterinária

O seu Médico Veterinário pode oferecer numerosos serviços que vão proporcionar ao seu animal de estimação, saúde e qualidade de vida e se para isso for necessário algum tipo de intervenção cirúrgica veterinária ou intervenção cirúrgica nós estaremos pronto para oferecer o melhor serviço para o seu melhor amigo.

O Hospital Veterinário Pet Care possui um centro cirúrgicoequipado com equipamentos para garantir a segurança na monitorização do seu animal durante o ato cirúrgico. 

Para isso contamos com: aparelho de anestesia inalatória, monitor cardíaco, oxímetro, controle de temperatura ambiente, aparelho de pressão arterial, bomba de infusão de fluidos, bisturi elétrico, além de normas rígidas de esterilização, assepsia e anti-sepsia. 

Contamos ainda com uma estrutura completa de exames diagnósticos que podem auxiliar antes, durante e depois do ato cirúrgico, como por exemplo, Rx, ECG, ultra-som, laboratório clínico, histopatologia e citologia. Uma avaliação clínica criteriosa antes do procedimento cirúrgico e internação monitorizada depois também estão disponíveis. Tudo isso sob a supervisão de um corpo clínico e cirúrgico especializado. 

Cuidados especiais

Para a viabilização do procedimento cirúrgico o uso de anestésicos se torna obrigatório, e na maioria dos casos, a anestesia geral é utilizada. Ela é caracterizada por um estado de sono profundo, relaxamento muscular generalizado e ausência de dor.

O uso de múltiplas drogas pode ocorrer dependendo do objetivo cirúrgico. Algumas drogas podem ser usadas para acalmar o paciente e reduzir a ansiedade antes da cirurgia, viabilizar um perfeito funcionamento cárdio-respiratório, diminuir a salivação, ou ainda para reduzir a dor antes, durante e depois do ato cirúrgico.

Potencialmente todos os atos cirúrgicos são dolorosos, e assim, apesar da anestesia geral causar inconsciência, ainda é necessário o uso de algum tipo de droga para o adequado controle da dor. Esse controle é de particular importância para o bem estar do seu animal, pois além do óbvio desconforto, a dor não controlada pode resultar em mau funcionamento cardíaco, intestinal e imunológico, podendo ainda afetar o comportamento do animal levando-o a depressão, inatividade, inapetência, insônia ou agressão.

Opções anestésicas

A anestesia geral pode ser proporcionada pela combinação adequada de medicamentos injetáveis e da anestesia inalatória. O seu veterinário pode usar a combinação ideal de acordo com o objetivo cirúrgico, e possíveis restrições clínicas, a fim de proporcionar a mais segura forma de anestesia ao seu animal de estimação.

Preparação para o ato cirúrgico

Para a realização do ato cirúrgico, o seu animal deverá ser avaliado previamente e se necessário, alguns exames deverão ser realizados. Dessa forma durante a consulta clínica você receberá as devidas orientações referentes a jejum prévio e possíveis medicações.

A cirurgia


Durante o procedimento cirúrgico o seu animal será monitorizado por um Médico Veterinárioanestesista que, pelo uso de aparelhos adequados será capaz de avaliar a freqüência cardíaca e respiratória, saturação de oxigênio sangüíneo, temperatura corporal e a pressão arterial do seu animal, de modo a garantir um procedimento anestesiológico seguro e adequado com a finalidade de proporcionar a recuperação rápida e segura do seu animal.

O procedimento cirúrgico é um ato complexo e exige competência e habilidade, além dos cuidados médicos básicos, pois na maioria das vezes se trata da vida de um grande amigo.


Período pós-cirúrgico


Dependendo do tipo de cirurgia a qual seu animal será submetido, haverá uma variação no período de permanência no hospital após o ato cirúrgico. O grau de sonolência, e em alguns casos, de confusão mental, vai depender do tipo de anestésico utilizado, tempo de cirurgia além da idade do animal. Em geralpacientes jovens apresentam retorno ao estado normal mais rápido do que pacientes idosos ou debilitados. A diminuição da atividade, assim como do apetite, pode ser normal após o procedimento cirúrgico e seu veterinário poderá orientá-lo sobre possíveis alterações apresentadas e quais os cuidados necessários a serem tomados.

O uso de medicação pós-cirúrgica é de prescrição restrita do Médico Veterinário, devendo ser administrada como solicitado. 


Como são feitas as cirurgias no Hospital Veterinário Pet Care 


Cirurgias de conveniência são feitas sempre com horário marcado. Em casos de emergência os nossos cirurgiões serão contatados e de acordo com a nossa disponibilidade o procedimento tem início. Em todos os casos o animal deve passar em consulta com um de nossos clínicos de plantão que irá então agendar a cirurgia ou não, de acordo com a sua avaliação clínica. Na maioria dos casos exames pré-anestésicos serão realizados. 

O valor do procedimento cirúrgico é tabelado e vai depender do peso do animal, da complexidade do procedimento e do tempo cirúrgico. Assim sendo, antes do procedimento muitas vezes o que temos é um valor estimado, podendo diferenciar do valor da tabela. 

O valor tabelado estimado incluí: O procedimento cirúrgico, exame de eletrocardiograma, sedação e anestesia geral inalatória, uma noite de internação com medicação injetável de uso veterinário, o colar protetor, um retorno para curativo em 2 a 3 dias e um retorno para a retirada de pontos em 7 a 10 dias. Outros curativos se necessários serão cobrados a parte.

Participam de cirurgia, além do cirurgião, o anestesista e o auxiliar - Todos Médicos Veterinários.
O animal deverá estar em jejum de 12 horas (água e comida).

A anestesia é geral e inalatória (Isoflorane) 
Não alugamos o centro cirúrgico para outros profissionais, assim sendo somente os cirurgiões do Hospital Veterinário Pet Care estão aptos a operar os nossos pacientes.

Não é permitida a presença de outras pessoas ou familiares dentro do centro cirúrgico, durante os procedimentos.

O animal normalmente é dispensado em 24 horas após o término do procedimento. Para os animais submetidos à laparotomia, um exame de ultra-som sempre será realizado depois de 24 horas (durante a internação) sem custo extra para o cliente.

As visitas nesse período são limitadas e segue as mesmas regras para todos os animais internados. Muitas vezes as visitas são contra indicadas de acordo com a avaliação do clínico responsável.
Não é permitido ao cliente passar a noite com o seu animal durante o período de internação.

Todos esses cuidados visam o bem estar dos pacientes e permitir que o nosso corpo Clínico trabalhe da melhor maneira e com eficiência buscando uma rápida reabilitação dos nossos pacientes.

Para outras informações entre em contato com um de nossos Clínicos.

Outros Assuntos:

Clínica Veterinária
Hospital Veterinário 24 horas
Hospital Veterinário Pet Care
Oftalmologista Veterinário
Veterinário 24 Horas
Ultrassom Veterinário
Ortopedista Veterinário
Raio x Veterinário

Imagem Facebook
Imagem Facebook
Rodapé

  Av. Giovanni Gronchi, 3001 - São Paulo - SP - Cep: 05659 010 - Tel: 3743 2142 | Hospital Veterinário Pet Care | Todos os direitos reservados  Botão FaceBook Botão FaceBook Botão FaceBook